9 de jul de 2009

IMAGENS DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932

Clique para ampliar. Fonte: SEMPLAClique para ampliar. Foto: Revista Mundo Ilustrado (publicada em 1954-RJ)











São Paulo lado A,B,C,D…


Há 77 anos, entre 30 mil e 40 mil paulistas começaram a batalha contra o governo provisório do presidente Getúlio Vargas.

Com a queda do preço do café; o inchaço urbano; a perda de poder paulista com fim da política “Café com leite”; e a nomeação do tenente João Alberto Lins de Barros, ex-integrante Clique para ampliar. Fonte: Construindo a Históriada Coluna Prestes, ao governo estadual, os paulistas pretendiam dar fim governo getulista e suas mudanças no Estado. 

O estopim foi o conflito entre militares e estudantes contrários a Vargas, que terminou com a morte dos jovens Martins, Miragaia, Drausio, Camargo e Alvarenga, assassinados a tiros em maio de 1932.

Liderados pelos generais Bertoldo Klinger, Euclides de Figueiredo e Isidoro Dias Lopes, os revolucionários contrários aos rumos políticos getulistas, exigiam eleições presidenciais, uma nova Constituição, e o fim do governo provisório de Vargas.

A batalha dClique para ampliar. Fonte: Brasil Escolaurou três meses, até 4 de outubro de 1932, quando os paulistas se renderam às tropas getulistas. As cidades do interior foram tomadas, a Marinha bloqueou o Porto de Santos e deu fim às expectativas de que outros Estados aderissem à resistência contra o governo getulista. 

Os dados oficiais apontam cerca de 900 mortos, mas há
estimativas de mais de 2 mil paulistas perderam a vida na revolta constitucionalista de 1932.

Por isso, hoje é o dia do tradicional desfile dos soldados veteranos do movimento MMDC, e das homenagens em frente ao Mausoléo ao Soldado Constitucionalista, no Parque do Ibirapuera. 

Saiba mais conhecendo a versão digital da revista “Mundo Ilustrado – A Epopéia de 32”, publicada em 1954, na comemoração dos 22 anos da Revolução Constitucionalista. Clique para ampliar. Foto: Revista Mundo Ilustrado (RJ-1954)Clique para ampliar. Foto: Revista Mundo Ilustrado (RJ-1954) 



Saiba mais:
Acesse a versão digital da revista “Mundo Ilustrado – A Epopéia de 32”, publicada em 1954 na comemoração dos 22 anos da Revolução Constitucionalista. Há várias fotos, histórias, áudio e outras informações.

Leia também:
IMAGENS DO DESFILE DE 9 DE JULHO NO PARQUE DO IBIRAPUERA

10 comentários:

  1. Como quem vem do viaduto Sta Efigenia e olha para a parede do Colégio de SB acima dos muros, na direção do terraço da biblioteca, tem uns furos.

    D Bernardo me disse que houve uma batalha ali e os constitucionalistas foram cercados pelos soldados de Getulio. Os tiros na parede foram dados pelos getulistas.

    ResponderExcluir
  2. Marcio de Carli Mathias10 de julho de 2009 18:14

    Comedia...São Paulo Revolução Comedia...

    ResponderExcluir
  3. José Henrique de Azevedo Ferreira26 de julho de 2009 15:24

    Comédia é esse tal de Marcio de Carli. No mínimo é um forasteiro que não sabe nada da história de nosso país (...) Não sabe escrever, pois se limita a poucas palavras que nada revelam sua opinião. Porque não menciona a fundamentação desta pífia opinião; talvez não tenha opinião própria ou leu em algum "jornaleco" a mesma expressão.

    ResponderExcluir
  4. Sou a 3ª geração de paulistano, tenho com amor minha terra, sou nascionalista e por São Paulo lutarei até minha morte, luto pela invasão de imigrantes que aqui chegão sem nenhuma cultura, trazedo caos, tenho em minha pele tatuada um canhão com a bandeira paulista com a frase nom dvcor, dvco e alguns cranios representando as baixas de guerra, freguentava movimentos separatistas, acho que somos um pais que tem forças para ser independencia e o dia será 09 de julho. pesso desculpa se disse besteira

    ResponderExcluir
  5. VIVA SÃO PAULO!O PT QUE NÃO SE ATREVA!ESTAMOS DISPOSTOS A DEFENDER A CONSTITUIÇÃO E LIBERDADES DEMOCRÁTICAS!

    ResponderExcluir
  6. a bandeira paulista: o preto noites de luta, o branco dias de luta, o vermelho o sangue paulista derramado... te amo São Paulo e a todos os revolucionários que amam este Estado que deveria ser um país.

    ResponderExcluir
  7. meu bisavô lutou na revolução, tenho fotos dele, o nome dele era odilon rodrigues de souza, gostaria de ter conhecido ele.
    pra mim ele foi um héroi.

    ResponderExcluir
  8. São paulo não é só a capital...centenas de paulistas perderam a vida defendendo o estado às margens dos rios das almas e paranapanema. Quando criança, brincando ou caçando passarinhos na regiaõ de Capão Bonito, lembro de encontrar várias antigas trincheiras e capsulas de fuzis.

    ResponderExcluir
  9. acho que o estado de sp deveria ser um pais andar c suas proprias pernas , com serteza alcansaria o estatus de primeiro mundo,"estamos carregando o resto nas costas".

    ResponderExcluir

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).