14 de fev de 2009

A PAULICÉIA DESVAIRADA DE MÁRIO DE ANDRADE AINDA É ATUAL

São Paulo Lado A,B,C,D...

Em 1922 também foi publicado Paulicéia Desvairada, livro do paulistaníssimo Mario de Andrade, um dos teóricos da Semana de Arte Moderna e do próprio Modernisno, ao lado de seu colega Oswald de Andrade.


Como vemos no trecho abaixo, Paulicéia Desvairada, apesar de publicado há 87 anos, sob o olhar de Mario de Andrade na década de 1920, permanece muito atual.


Até hoje as rápidas mudanças prevalecem na cidade, assim como o tempo instável, entre o frio e o calor da terra da garoa...


Monotonias das minhas retinas...

Serpentinas de entes frementes a se desenrolar...
Todos os sempres das minhas visões! "Bom giorno, caro."

Horríveis as cidades!
Vaidades e mais vaidades...
Nada de asas! Nada de poesia! Nada de alegria!
Oh! Os tumultuários das ausências!
Paulicéia - a grande boca de mil dentes;
e os jorros dentre a língua trissulcade
pus e de mais pus de distinção...
Giram homens fracos, baixos, magros...
Serpentinas de entes frementes a se desenrolar...

Estes homens de São Paulo,
Todos iguais e desiguais,
Quando vivem dentro dos meus olhos tão ricos,
Parecem-me uns macacos, uns macacos.

(versos de "O cortejo", do livro Paulicéia Desvairada)

Minha Londres das neblinas finas!
Pleno verão. Os dez mil milhões de rosas paulistanas.
Há neves de perfume no ar
Faz frio, muito frio...
E a ironia das pernas das costureirinhas
Parecidas com bailarinas...
O vento é como uma navalha
Nas mãos de um espanhol. Arlequinal!
Há duas horas queimou o Sol.
Daqui a duas horas queima o Sol

(versos de "Paisagem nº 1", em Paulicéia Desvairada)
Na imagem, Mário de Andrade (sentado no chão), Anita Malfatti (sentada, ao centro) e amigos na exposição de Zina Aita (à esquerda de Anita), em São Paulo - 1922
Foto: Acervo do Departamento Histórico de São Paulo
Capa de 1ª edição de Paulicéia Desvairada - Acervo Instituto Moreira Salles
Texto: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto

Um comentário:

  1. Qualquer semelhanca com a capa do disco Tropicalia nao e' mera coincidencia.

    ResponderExcluir

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).