16 de dez de 2009

NOVA LUZ, SIM. “CRACOLÂNDIA”, NÃO!!!!

São Paulo lado A,B,C,D…

Ouvimos o jornalista Gilberto Dimenstein na Rádio CBN divulgando a sessão de cinema gratuita que acontece hoje, às 20h00, ao ar livre no Largo Coração de Jesus.

Mas Dimenstein, ao elogiar a iniciativa, é um dos que insistem em chamar a região de “cracolândia”. Poxa, Nova Luz, sim, “cracolândia”, não! Mudar o nome faz parte da revitalização do local.

A denominação “cracolândia” tem que vir abaixo, assim como os prédios que darão espaço a uma Nova Luz no centro de São Paulo. Para algumas pessoas, isso pode parecer bobo, mas é preciso considerar que “cracolânida” nos remete às tristes histórias do consumo da droga, de roubos e violência que ocorrem por tanto tempo na região. 

Então, hoje, às 20h00, na Nova Luz, assista o filme brasileiro “Tapete Vermelho”, numa das 400 cadeiras disponíveis nesta sessão de cinema gratuita, com pipoca e um talão de 8 metros de altura por 5 de comprimento.

Com  Matheus Nachtergale e Gorete Milagres, “Tapete Vermelho” narra a estória de um casal de caipiras que leva o filho de 9 anos a cidade para assistir um filme de Mazzaropi.

A exibição é uma iniciativa do Cine Clube Escola, uma parceria entre Secretaria Municipal de Esportes e o Instituto Cultural Cinemagia, que levará sessões especiais em outros 100 endereços da Capital até o final de 2010.

Por Flaviana Serafim e Gladstone Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).