19 de jun de 2009

MAIS UMA ESCOLA DA ZONA NORTE SEM FUNCIONÁRIOS

 

image

Recebemos mais uma denúncia sobre falta de funcionários nas escolas estaduais de São Paulo.

A primeira reclamação foi do internauta Robson Neiva (leia INTERNAUTA DENUNCIA PRECARIEDADE EM ESCOLA DA ZONA NORTE), já encaminhada ao Portal do Governo de São Paulo e à Secretaria Estadual de Educação.

Hoje, quem alerta para a precariedade no quadro de funcionários é Roberto, pai de um aluno da Escola Estadual Érico de Abreu Sodré, na Chácara Inglesa (zona norte). Vejam a mensagem: 

Sou pai de aluna da E.E Érico de Abreu Sobré estamos na mesma situação da escola estadual Rõmulo Pero. Cadê o Governo para resolver isso? Na próxima eleição lembrarei disso....
Pai Roberto

Sr. Roberto, sua mensagem também será encaminhada para a Secretaria Estadual de Educação. Agradecemos seu contato e esperamos receber outros e-mails de pais que denunciem esse situação absurda em outras escolas.

Os problemas na área de educação em São Paulo já não são poucos – da péssima qualidade de ensino aos livros recheados de conteúdo inadequado – e, agora, mais essa ausência de funcionários. Sr. secretário de Educação, Paulo Renato Souza, quando isso mudará?

Envie sua mensEnvie seu e-mail para o Cidade Celularagem para o Cidade Celular. Use seu telefone móvel, registre fotos, vídeos e fatos com flagrantes da cidade, queixas, problemas, sugestões, eventos, pessoas.
Mobilize-se! Participe enviando seu e-mail para
saopaulourgente@gmail.com

Leia também:
INTERNAUTA DENUNCIA PRECARIEDADE EM ESCOLA DA ZONA NORTE
EDUCAÇÃO NO ESTADO É PRECÁRIA ATÉ NA RESPOSTA AUTOMÁTICA DO GOVERNO
INTERNAUTAS COMENTAM FALTA DE FUNCIONÁRIOS NA ESCOLA PROF. RÔMULO PERO
ESCOLA PROF. RÔMULO PERO: SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E PORTAL DO GOVERNO PROMETEM RESPONDER RECLAMAÇÃO

Texto: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto

4 comentários:

  1. Os emails serão encaminhados aos órgãoes "responsáveis", e eles vos responderão com as frases feitas de sempre, dizendo que a situação está sob controle, que não é bem assim...Não citarão que existem milhares de Agentes qualificados, concursados, como eu, que estão prontos pra assumir o cargo, e não podem, pois o Departamento de Pericias Medicas do Estado não libera os laudos, por pura preguiça! Ah, a escola que eu escolhi é o Èrico de Abreu Sodré...

    ResponderExcluir
  2. Julianna, o problemas nas são com os concursados aprovados, po problema e com os alunos que a varios dias tomam, cafe almoço e lanche biscoitos e leite....
    a unica alimentação de muitos deles.
    mais uma novidade, por falta de funcionarios alem da cozinha, ontem feriu-se um aluno gravemente sendo dirigido a um hospital muito machucado, falta funcionarios de todas as areas na escola. De nada adianta termos uma otima profissional diretora na escola senhora Karen, se fizeram com que a mesma ficasse de "mãos atadas", é mais uma pra sentir tristeza e vergonha de nossos "administradores" Maura

    ResponderExcluir
  3. A situação nas escolas estaduais estão muito precárias.Não tem professor, falta funcionários.
    Com a nova lei para os servidores da educação vai haver uma evasão nas escolas. Não teremos mais professores. Os que trabalharam nesse ano, não trabalharam no próximo. Pode uma coisa dessa? Como o governo quer que um funcionário publico trabalhei um ano e se recicle no outro. O salário já é pequeno, não terão condição de se recilarem. Vão mudar de profissão.

    ResponderExcluir
  4. a situação nas escolas estaduais de são paulo é uma vergonha as crianças não tem segurança nenhuma porque não tem funcionarios para cuidar da segurança delas.AINDA PEDE PARA AS MÃES SEREM VONLUTARIAS. O GOVERNO FAZ O QUE COM O DINHEIRO DOS IMPOSTO PARA ONDE VAI TODO O NOSSO DINHEIRO.

    ResponderExcluir

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).