4 de dez de 2009

SÁBADO TEM PASSEATA DO MOVIMENTO SUPERAÇÃO

Cidania, inclusão e meio ambiente

Celebrando o Dia Mundial da Pessoa com Deficiência, a 6ª edição da Passeata do Movimento SuperAção acontece neste sábado (05/12), a partir das 10h00, com concentração na Praça Dom José Gaspar (República).

Ao centro, Billy, fundador do Movimento SuperAção. Foto de Bárbara Kichner, na rede social do movimento. O movimento, fundado por Willian Coelho, o Billy, busca a defesa dos direitos e o exercício da cidadania das pessoas com deficiência por meio de eventos sócio-culturais, além de quebrar as barreiras do preconceito. A passeata anual também ocorre no Rio de Janeiro e na Argentina, reunindo principalmente jovens nessa luta.

Da Praça Dom José Gaspar, a passeata segue pela Av. São Luís, R. Cel Xavier de Toledo e pelo Viaduto do Chá até a Praça do Patriarca. Debates, shows e atrações artísticas integram a programação.  

Para defender a acessibilidade e a inclusão de pessoas com deficiência, este ano o evento mudou da Avenida Paulista para o centro paulistano como um alerta à precariedade da região para cadeirantes e outros com mobilidade reduzida. No centro, sobram buracos e desníveis nas calçadas, faltam guias rebaixadas e acesso às estações do Metrô.

Acesso à região central
Na estação República, só há um elevador e exclusivamente no acesso próximo à rua do Arouche (e ainda o mais distante das catracas do Metrô). Recentemente, também foi instalada uma rampa. Nas outras entradas/saídas (duas na Praça da República e uma na avenida Ipiranga) só escadas rolantes ocupadas pelos apressadinhos de sempre. Internamente, há piso tátil, elevador com informações em braile e banheiro público adaptado. 

No site da Companhia do Metropolitano, existe a informação de que a estação Anhangabaú é acessível aos portadores de deficiência, mas, sinceramente, não lembramos da existência de elevador, rampa ou similares no local. Não há banheiro adaptado, nem estacionamento integrado.

Também se vê poucos ônibus adaptados na região. Solidariedade? Passa longe da correria de quem circula no centro. Então, chegar ao centro para participar da passeata será mais um desafio. 

Na volta, quem sair da praça do Patriarca para pegar o metrô na República, tem que atravessar a praça porque a primeira entrada da estação não é acessível. Vale lembrar que sabadão tem feira de artesanato no local, com dezenas de barraquinhas montadas e pedestres no caminho. Existe um acesso para a estação Anhangabaú ao lado da praça do Patriarca, mas que normalmente fica fechado aos sábados (sabe-se lá o motivo…).

E um alerta: atenção ao cruzar o semáforo da rua do Arouche X Pça. da República! O tempo de travessia é curto e os motoristas – pra variar – estão sempre correndo, avançando seus carros sobre quem quer que seja. Não perdoam nem que vem de muletas da Santa Casa de Misericórdia, o hospital mais próximo e que atende centenas de pacientes na ortopedia. 

Serviços disponíveis no Metrô
Para quem tem mobilidade reduzida, há estacionamentos integrados nas seguintes estações: Belém (Av. Alcântara Machado, n.3834); Marechal Deodoro, que é a mais próxima ao local do evento (R. Albuquerque Lins, n.514); e Tatuapé (R. Gonçalves Crespo, s/n).

Banheiros adaptados estão instalados nas estações:
Linha 1-Azul: Conceição, Luz e Santana
Linha 2-Verde: Paraíso
Linha 3-Vermelha: Pedro II, Sé, República, Marechal Deodoro, Palmeiras-Barra Funda

Passeata do Movimento SuperAção
5 de dezembro (sábado), a partir das 10h00
Concentração:
Praça Dom José Gaspar (próximo da Biblioteca Mário de Andrade)
Trajeto: Av. São Luís, R. Cel Xavier de Toledo, Viaduto do Chá até a Praça do Patriarca
Estações do metrô mais próximas: República e Anhangabaú
Outras informações, acesse a rede social http://movimentosuperacao.ning.com/
Clique no mapa para ampliar

Mapa com trajeto da passeata. Clique para ampliar

Leia também:
”SER CADEIRANTE EM SÃO PAULO É UM DESAFIO”
CAMINHO TORTUOSO ATÉ A PAULISTA
O DESAFIO DE LEONARDO FEDER NAS RUAS DE SÃO PAULO

Ou acesse a seção Cidadania, Inclusão e Meio Ambiente na barra lateral do blog

Por: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto – Fotos: rede social do Movimento SuperAção

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).