27 de nov de 2009

MALUF: “ACUSAÇÃO RIDÍCULA”. TUMA: MEDALHA, MEDALHA,MEDALHA

SOS São Paulo – A cidade em nossas mãos

Leia também:
PAULO MALUF E ROMEU TUMA ACUSADOS DE OCULTAÇÃO DE CADÁVER DURANTE A DITADURA

Paulo Maluf, em foto do site do PP-SP “Depois de 39 anos, abordar de forma leviana um assunto dessa natureza é no mínimo uma acusação rídicula”. Em nota à imprensa, é assim que o deputado federal Paulo Maluf (PP) classifica a ação movida pelo Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) apontando o ex-prefeito como responsável pela ocultação de cadáveres durante a ditadura militar.

Há muito tempo, muita, muita gente sabe que Paulo Maluf estava envolvido nos crimes e abusos cometidos contra aqueles que lutaram pelo fim da repressão. Mas só agora uma ação civil pública põe o dedo nessa ferida antiga.

Pelo Twitter (http://twitter.com/paulosalimmaluf), Maluf afirma que “O ministério público deveria ter mais critério para escolher seus procuradores, em alguns lhes faltam conhecimento jurídico”. E completa:”Para suprir esta falta, denigrem a imagem das pessoas”.

Ora, deputado Maluf! Pelo visto, é o senhor que não tem conhecimento de que é crime torturar, matar e desaparecer com as dezenas de vítimas da ditadura. E os corpos enterrados no cemitério de Perus? Foram importados do holocausto por acaso? Faça o favor… 

Romeu Tuma, defensor da democracia, liberdade e valores familiares… Romeu Tuma. Foto: Jornal do Senado. Clique para ampliar
Muita gente também sabe que senador Romeu Tuma (DEM), ex-chefe do Departamento Estadual de Ordem Política e Social entre 1966 a 1983, tinha pleno conhecimento das barbáries protagonizadas pelos agentes do DOPS.

Porém, vejam a frase de abertura da biografia, disponível no site do senador: “A permanente defesa do Estado Democrático de Direito e a intransigente garantia da segurança pública e da liberdade individual, combinadas com a preservação dos valores familiares, são princípios que marcam toda a biografia do Senador Romeu Tuma”.

Hoje, Tuma é corregedor do Senado, membro do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa, da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ); Comissão de Educação (CE); Comissão de Assuntos Sociais (CAS); Comissão de Assuntos Econômicos (CAE); Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), e – pasmem! - da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).

Medalha, medalha, medalha
Querem mais? Entre suas dezenas condecorações, Tuma já recebeu a medalha de “Pacificador” do Ministério do Exército; Honra ao Mérito, do Instituto Médico-Legal (IML-SP); Agradecimento pelos Serviços Prestados à Classe Policial e à Sociedade (Círculo Policial Brasileiro/RJ); “Paradigma de Probidade, Competência e Dever”, do Diretório Acadêmico 13 de Setembro – FMU – Direito; e da Fundação Pró-Sangue – Hemocentro de São Paulo.

Isso, sem contar as conderações internacionais, da polícia da China, Alemanha, Israel, Colômbia, Coréia do Sul, Tailândia etc.

Em que mãos estamos…

Clique para ampliarClique para ampliar

Clique para ampliarClique para ampliarClique para ampliar


Clique para ampliarClique para ampliar 

Acesse outras informações no site do Ministério Público Federal

Leia também:
PAULO MALUF E ROMEU TUMA ACUSADOS DE OCULTAÇÃO DE CADÁVER DURANTE A DITADURA
MEMÓRIAS DA DITADURA, HISTÓRIAS DO BRASIL
O QUE CONFERIR NO MEMORIAL DA RESISTÊNCIA

Saiba mais:
VALA DE PERUS
A HISTÓRIA ESCONDIDA NA VALA DE PERUS
O CEMITÉRIO DOM BOSCO, LOCAL DA VALA DE PERUS
SITE www.desaparecidospoliticos.org.br
ARMAZÉM MEMÓRIA
GRUPO TORTURA NUNCA MAIS – SP

Por Flaviana Serafim e Gladstone Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).