11 de dez de 2009

FELICIDADE OU PAZ?

Reflexões Urbanas

Por Luiz Gustavo Massola

Luiggi_sahy (2)

Muito se fala sobre a busca do homem pela felicidade, sendo a meta, o grande objetivo. 

Vendo as lutas diárias das pessoas pelos seus objetivos, sejam eles quais forem, vendo o esforço pra trabalhar as suas questões mais difíceis ou para preencher vazios internos, esse movimento todo às vezes me parece não uma busca pela felicidade, mas uma busca pela paz.

A paz interna. Esta parece ser mais concreta que a felicidade.  Talvez seja apenas uma questão de chamar uma mesma coisa disso ou daquilo.

Quando uma pessoa escolhe não enxergar algo importante dentro de si, este fato, antes de trazer infelicidade, lhe tira a paz interior e não o contrário.  Mas esta pessoa pensará "poxa, sou infeliz" e não "poxa, não sinto paz".

Se conforme o tempo for passando a paz de espírito reinar, aí talvez alguém possa dizer que é feliz. Mas e a paz de espírito do outro? E a paz de espírito da humanidade? Estas não são necessárias para ser feliz?

Quando se fala em paz, aquele simbolismo contemplativo e calmo é ativado. Porém me refiro àquela que vem quando tudo que tem para ser apaziguado é apaziguado; tudo que há para ser preenchido é preenchido.

Enquanto um fica em paz quando medita, ou descansa, ou trabalha, outro está em paz pulando de pára-quedas ou ficando insône lendo um livro. Tanto a paz como a felicidade dependem dos processos internos de cada um, pois a humanidade é como uma grande cidade pulsante em que cada casa é de um jeito e tem sua história, com cômodos diferentes aguardando móveis, com as luzes acesas de acordo com a rotina de quem nela mora ou sem receber visítas há tempos, tendo paredes diferentes descascando.

Luiz Gustavo Massola é publicitário, blogueiro do
Transição sem Fim

Leia também:
A AVENTURA DE ANDAR DE ÔNIBUS NA MINHA QUERIDA SÃO PAULO e SOBRE MOSQUITOS, VENENOS PARA MOSQUITOS E INSTITUIÇÕES QUE CONTROLAM A PRAGA DOS MOSQUITOS, de Osmar Castanha
GEISY, O VESTIDO CURTO E A HIPOCRISIA BRASILEIRA, de Flaviana Serafim
TRANSFERÊNCIA DE PODER, de Maria Helena Moraes

Foto: Luiz Gustavo Massola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).