23 de fev de 2010

CASSAÇÃO SUSPENSA E KASSAB TRANQUILO…

SOS São Paulo – A cidade em nossas mãos

Gilberto Kassab (DEM). Foto: Gladstone BarretoEm São Paulo, mais um capítulo da novela “Me engana que eu gosto”: Justiça Eleitoral suspendeu o pedido de cassação do prefeito Gilberto Kassab (DEM), acusado de recebimento de R$ 10 milhões em doações ilegais na campanha de 2008 (leia KASSAB CASSADO?!?!)

A defesa tem base numa jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, segundo a qual não se aplica a Lei Eleitoral que proíbe doações de concessionárias de serviços públicos quando as empresas participam de “sociedade legalmente constituída”. Ou seja, se a empresa doadora, como a Camargo Correa (que doou R$ 3 milhões), é “apenas” sócia de um consórcio que presta serviço público, está livre pra liberar uns trocados para partidos e políticos.  Simples, né?

E a decisão também é válida para a vice Alda Marco Antonio (PMDB) e beneficia oito vereadores cassados em 1ª instância pelo mesmo motivo – aqui, boa notícia aos parlamentares do governo e da oposição, com cinco petistas saindo pela tangente: Antonio Donato (PT), Arselino Tatto (PT), Gilberto Natalini (PSDB), Italo Cardoso (PT), José Américo (PT), José Police Neto (PSDB), Juliana Cardoso (PT) e Marco Aurélio Cunha (DEM)

Assim como Kassab “recebeu com naturalidade” a suspensão da cassação, pra nós é pura obviedade. Mais um jogo de cena pra fazer de conta que alguém se importa com as contas de campanha – mas por pouco tempo! Nessas questões, todos já sabem o resultado: sempre dá em nada! Jogo de cena, teatro, balela, marmelada, palhaçada…vocês escolhem o nome.

Vale deixar claro que o juiz 1ª Zona Eleitoral, Aloísio Sérgio Resende Silveira, foi quem decidiu pela cassação e também acolheu o recurso da defesa de Kassab.

Detestamos cópia de conteúdos alheios, mas vamos abrir exceção para compartilhar uma arte divulgada pela Folha on line explicando o caso e detalhando os valores doados pelas concessionárias de serviço público, pela Associação Imobiliária Brasileira e pelo Banco Itaú.

image

Leia também:
KASSAB CASSADO?!?!
CASSADOS NUM DIA, IMPUNES NO OUTRO

Foto: Gladstone Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).