10 de set de 2009

CONTINUA FALTA DE FUNCIONÁRIOS NAS ESCOLAS ESTADUAIS

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

O internauta Robson Neiva denunciou em 17 junho a falta de funcionários para preparar merenda nas escolas estaduais. Na época, foram citados os colégios Rômulo Pero e a escola Estadual Érico de Abreu Sodré, ambas na zona norte paulistana (leia INTERNAUTA DENUNCIA PRECARIEDADE EM ESCOLA DA ZONA NORTE e MAIS UMA ESCOLA DA ZONA NORTE SEM FUNCIONÁRIOS)

Pois é...nesta semana descobri que o mesmíssimo problema também acontece no colégio de minha filha, a Escola Estadual Arthur de Guimarães, em Santa Cecília, região central. A ausência de funcionários se deve ao final de contrato de alguns profissionais e, enquanto outros não chegam, fica esse "buraco" no estômago da criançada - nada de merendeiras, entre outros prestadores de serviço das escolas estaduais.

Vi um grupo de pais revoltados na porta do colégio, querendo conversar com a diretora e fazendo uma reclamação muito justa: por que esse tipo de problema não é comunicado aos familiares?O s pais ficam sabendo pelos próprios filhos que simplesmente não há nada para comer na hora do recreio.

Entendemos que a direção pouco pode fazer, já que a responsabilidade pelo problema é da Secretaria Estadual de Educação, mas alguém da escola deveria avisar aos pais, não? Outra informação que a escola também não dá: para quem reclamar? Existe algum número de telefone, e-mail, local para que os pais façam uma queixa formal? Há, sim, mas ninguém, nenhum funcionário diz nada, nadinha...

Já que a escola não informa onde reclamar, nós preferimos colaborar para que vários pais façam sua parte, exigindo alguma medida da Secretaria Estadual de Educação. Em junho, enviamos a queixa para os seguintes contatos:

- Secretaria Estadual de Educação: informacao@edunet.sp.gov.br
Info Educação: 0800 - 7700012

- Portal do Governo de São Paulo:
faleconosco@sp.gov.br

- Ouvidoria do Governo Estadual
E-mail: saopaulo@sp.gov.br
Fones: (11) 2193-8181 / 8147 / 8119

É muita, muita burocacria e desorganização. Se os responsáveis pela área de Educação já sabem que o contrato chegará ao fim numa certa data, porque não realizam novas contratações com tempo hábil para evitar a ausência desses profissionais? É muita burrice!!!

O que já alegou a Secretaria Estadual de Educação
A resposta abaixo foi enviada ao blog pela pasta da Educação no dia 24 de junho. Confiram a íntegra:

O expediente trata de reclamação sobre a falta de funcionários da EE Rômulo Pero, principalmente para o preparo da merenda escolar. À Supervisão de Ensino cumpre informar que:

  1. A Secretaria Estadual de Educação promoveu, em 2008, concurso público para o provimento de cargos de Agente de Organização Escolar e Processo Seletivo Temporário para Agente de Serviços Escolares;
  2. A EE Rômulo Pero recebeu por conta do concurso público 02 funcionários que já foram nomeados em maio e estão com laudo médico de Aptos: Marlene Araújo Sampaio e Oswaldo Caleone Perez Junior. Há ainda um terceiro funcionário nomeado que está aguardando laudo médico. A escola recebeu também 01 Secretário de Escola. Entretanto até a presente data os funcionários supracitados não tomaram posse, mas encontram-se dentro do prazo previsto em lei, sendo 30 dias para posse, prorrogáveis por mais 30 dias e 30 dias para exercício, prorrogáveis por mais 30 dias, totalizando 120 dias para ser investido no cargo.
  3. A Secretaria Estadual de Educação já conta com os serviços de limpeza terceirizada, e tem tomado providências para terceirizar a merenda escolar, com processo em andamento;
  4. A Diretoria de Ensino promoveu 08 sessões de escolha para preenchimento das vagas de Agente de Serviços Escolares, em caráter temporário, sendo que a EE Rômulo Pero foi contemplada, e os funcionários já cumpriram o tempo máximo de 01 ano, tendo sido dispensados. Entretanto em nenhuma das últimas chamadas para sessão de escolha, houve candidatos que se interessassem em escolher a EE Rômulo Pero. Haverá nova sessão de escolha no dia 26/06/09, com oferecimento de 03 vagas.

Cabe ressaltar que esse problema não se restringe a esta Diretoria de Ensino, das 62 escolas jurisdicionada a D. E, todas estão com problemas de funcionários, porém os gestores estão gerenciando da melhor maneira possível, tanto que não temos nenhuma reclamação de outra unidade escolar.

Sendo o que nos cumpre informar, colocamo-nos a inteira disposição para maiores esclarecimentos.

À consideração superior.

São Paulo, 23 de junho de 2009.

Rosangela Simonato
Supervisor de Ensino

Acolho o parecer da Supervisão de Ensino.
Encaminhe-se a Ouvidoria para o que couber.

Maria de Fátima Lopes
Dirigente Regional de Ensino
Diretoria de Ensino - Região Centro


Como ficam os alunos até a chegada de novos funcionários? A Secretaria Estadual de Educação nunca respondeu...

Leia o que já foi publicado no blog sobre a falta de funcionários nas escolas públicas estaduais:

- INTERNAUTA DENUNCIA PRECARIEDADE EM ESCOLA DA ZONA NORTE
- EDUCAÇÃO NO ESTADO É PRECÁRIA ATÉ NA RESPOSTA AUTOMÁTICA DO GOVERNO
- INTERNAUTAS COMENTAM FALTA DE FUNCIONÁRIOS NA ESCOLA PROF. RÔMULO PERO
- ESCOLA PROF. RÔMULO PERO: SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E PORTAL DO GOVERNO PROMETEM RESPONDER RECLAMAÇÃO
- MAIS UMA ESCOLA DA ZONA NORTE SEM FUNCIONÁRIOS
- ESCOLA RÔMULO PERO: SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESPONDE DENÚNCIA DE INTERNAUTA
- E COMO FICAM OS ALUNOS ATÉ A CHEGADA DE NOVOS FUNCIONÁRIOS?
- MAIS COMENTÁRIOS SOBRE FALTA DE FUNCIONÁRIOS NAS ESCOLAS PÚBLICAS PAULISTAS

Texto: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto.

7 comentários:

  1. Escola DR.RAUL BRIQUET ITAPEVI NÃO TEM PROFESSORES E OS QUE TEM NÃO ESTÃO NEM AI PARA DAR AULA PARA O ENSINO MÉDIO, INSENTIVAM OS ALUNOS A FALTAREM, E FALTANDO UMA SEMANA PARA SAIR DE FÉRIAS OS ALUNOS VÃO PARA AULA SÓ PARA FICAR NA SALA POR QUE OS PROFESSORES JÁ FECHARAM AS NOTES. E NA VERDADE NOS CADERNOS DOS ALUNOS NÃO TEM NADA E NÃO APRENDERAM NADA, NÃO SABEM NEM QUEM DESCOBRIU O BRASIL, ISSO É UMA VERGONHA, NÃO VOU ME IDENTIFICAR POR QUE TENHO UM FILHO QUE ESTUDA NESTA ESCOLA E INFELISMENTE NÃO POSSO PAGAR ESCOLA PARTICULAR COMO TODA MAIORIA DA POPULAÇÃO DE ITAPEVI. NÃO É SÓ ESTA ESCOLA QUE ESTÁ ASSIM TEM OUTRAS PIORES.

    ResponderExcluir
  2. `E REALMENTE ESTÁ FALTANDO MUITOS FUNCIONÁRIOS, É PQ O ESTADO AGORA FEZ UMA LEI QUE É SOMENTE CONTRATO DOS FUNCIONÁRIOS E FICAM APENAS 1 ANO NAS ESCOLAS, DEPOIS VEM OUTRO CONCURSO E NOVOS FUNCIONÁRIOS PARA QUE FICAM NAS ESCOLAS SEM QUE OS MESMOS AS VEZES NÃO TEM NOSÃO COMO PREPARAR UM ARROZ...

    ResponderExcluir
  3. fALTAM PROFESSORES NA ESCOLA AGENOR COUTO DE MAGALHÃES, E OS QUE TEM, NÃO SE IMPORTAM COM O APRENDIZADO DOS ALUNOS, VÃO EMPURANDO COM A BARRIGA, NÃO HÁ FUNCIONÁRIO PARA SECRETÁRIA E MERENDA, PQ QD FALTA A UNICA QUE HÁ NA MARENDA UMA SENHORA DE SEUS 63 ANOS, A CRIANÇA PASSA O DIA SEM UM ALIMENTO.ESPERO QUE POSSAM SER TOMADAS MUITAS PROVIDENCIAS A ESTE RESPEITO, PARA QUE NO INÍCIO DE UM NOVO ANO POSSAMOS SERMOS VITORIOSOS COM NOSSOS ALUNOS.

    ResponderExcluir
  4. SOU FUNCIONÁRIA DE UMA ESCOLA ESTADUAL NA ZONA SUL DE SÃO PAULO, ENTREI PELO CONCURSO EFETIVO DE 2009. DESDE LÁ PARA CÁ VENHO SOFRENDO COM VARIOS PROBLEMAS: FALTA DE FUNCIONARIOS E DESMOTIVAÇÃO DOS MESMOS PARA TRABALHAR, BAIXO SALARIO, ALTO BURROCRACIA E EXCESSO DE TRABALHO. ME EMPENHO AO MAXIMO NO MEU TRABALHO MAS FICO INDIGNADA PELAS NOSSAS CONDIÇOES DE TRABALHO QUE ATE AGORA NUNCA FORAM BOAS. A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PRECISA ADMINISTRAR SUAS ESCOLAS E SEUS SERVIDORES COM MAIS COMPETENCIA E RESPONSABILIDADE.

    ResponderExcluir
  5. MEU FILHO SOFREU DE BULLYNG A ESCOLA ANESIA LOUREIRO DA GAMA, HOJE FAÇO TRATAMENTO, COM O PSICOLOGO E PSIQUIATRA TAMBEM, E NADA FOI FEITO BATERAM NELE E O QUE OUVI DA DIRETORA QUE E BRINCADEIRA DE CRIANÇA.

    ResponderExcluir
  6. Também tenho algumas reclamações á fazer da E.E.DE 1 E 2 GRAUS DR JOAQUIM SILVADO que fica na zona oeste de São Paulo. Os professores não são preparados, mais faltam do que vão e quando vão não ensinam, deixam as crianças na maior bagunça uns batendo no outro e não tomam nenhuma providência. A Escola é suja o péssimo cheiro do banheiro se estende pela escola toda, não tem papel higiênico, as portas dos banheiros são quebradas, tem vazamento nos mesmos. Os professores não se dão o respeito e exigem respeito dos alunos.Esquecendo que primeiro eles devem ser exemplos (bons exemplos), faltam mais que os alunos, já estamos chegando nas férias do meio do ano e em cada matéria se tiver quatro páginas de conteúdo e lição é muito. Depois eles não querem ser assaltados ou assassinados, pois ao invés de prepararem aulas com contéudo e ocupar a cabeça das crianças com um bom aprendizado, simplismente não dão nada, e querem que as crianças sejam gênios. Os professores de hoje em dia "estudam" e não passam os seus conhecimentos para as crianças. Acho que se não estão satisfeitos com os seus salários deveriam procurar outra profissão e não ficar sacrificando as crianças que estão em fase de formação , pois as crianças como todos bem sabem se miram em exemplos e as crianças passam boa parte do tempo com os professores que ficam sem fazer nada em sala de aula enquanto as crianças ficam na ociosidade e acabam batendo uns nos outros por falta de conteudo. E os professores absurdamente não sabem o que fazer com as crianças rebeldes em sala de aula, e insistem em deixar estes alunos rebeldes atrapalharem o andamento da "aula" (que deveria ser dada) e acabam atrapalhando os que querem aprender.
    Socorro alguém tome alguma providência. Tanto a escola quanto a família é responsável por essas crianças, afinal a escola é um segundo lar. Os alunos estão tão acostumados a não terem aula que quando tem choram para não ir para escola tamanho é a falta de estímulo dos professores que são frustrados e passam suas frustrações para os alunos.

    ResponderExcluir
  7. A Secretária da Educação não está nem aí, sabe porque? Os filhos dos grandões não estudam no colégio público. Quando você vai reclamar eles dizem que não tem profissional que queiram trabalhar, eu acho impossível. A Escola Estadual 20 de Agosto em SBC está sem professor de ciências a um tempão, as crianças ficam no pátio sem fazer nada (mente vazia é oficina do diábo). O pior que não tem funcionário para ficar com eles. Senhores governantes vamos olhar para nossas crianças que são o futuro de vocês também - quem vai pagar a aposentadoria dos senhores, se não tiver quem trabalhe. Nos ajudem aí, pô!

    ResponderExcluir

Escreva seu comentário abaixo e clique em "Nome" no Perfil (não é necessário colocar a URL).