30 de set de 2009

CAMPANHA SEGUNDA SEM CARNE: 1KG DE CARNE CUSTA MUITO

Cidadania, meio ambiente e inclusão

DÁ PRA VIVER UM DIA SEM COMER CARNE? SIM, ESTA É A PROPOSTA DA “SEGUNDA SEM CARNE”

EsteAcesse o site oficial da campanha Segunda Sem Carne infográfico foi criado pela Sociedade Vegetariana Brasileira, que lança a campanha “Segunda Sem Carne” neste sábado e domingo (03 e 04/10), no Parque do Ibirapuera.

Que tal descobrir novos sabores, em casa ou num dos restaurantes vegetarianos da cidade? Faz bem para sua saúde, para o seu bolso e para nosso planeta.

Abaixo, selecionamos links com guia de restaurantes vegetarianos de São Paulo, sites com receitas vegetarianas e informações sobre os benefícios à saúde trazidos pela redução do consumo de carne.

Ah, também publicamos dicas sobre COMO PREPARAR PROTEÍNA DE SOJA e passar, tranquilamente, um dia da semana sem carne de bicho morto.

Acessem - mesmo os “carnívoros” precisam de uma boa salada de vez em quando, não é mesmo?

Arte: Sociedade Vegetariana Brasileira

Leia também neste blog
DÁ PRA VIVER UM DIA SEM COMER CARNE? SIM, ESTA É A PROPOSTA DA “SEGUNDA SEM CARNE”
COMO PREPARAR PROTEÍNA DE SOJA

Saiba mais:
Sociedade Vegeriana Brasileira (SVB)
Guia de restaurantes vegetarianos em São Paulo

Sites com receitas vegetarianas
Centro Vegetariano
Guia Vegano
Portal Natural
Receitas Vegetarianas da Igreja Adventista do Sétimo Dia
Saúde Integral
Sociedade Vegetariana Brasileira
Vida Vegetariana

Outras informações da Sociedade Vegetariana Brasileira:
O vegetarismo e sua saúde
Ferro e vegetarianismo
Cálcio e vegetarianismo
Uso de suplementos nutricionais na dieta vegetariana

Texto: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto, naturebas convictos que há anos passam dias sem comer carne de bicho morto…

“CENÁRIOS URBANOS: SÃO PAULO INSPIRA CURTA-METRAGENS”

São Paulo lado A, B, C, D...

Notícia da Secretaria Municipal de Cultura

Centro Cultural São Paulo exibe mostra com produções resultantes dos editais de co-patrocínio: ‘História dos Bairros de São Paulo’ e ‘Crônicas da Cidade’

O Centro Cultural São Paulo exibe uma mostra que reúne o resultado de dois editais de co-patrocínio promovidos pela Secretaria Municipal de Cultura: a segunda edição da História dos Bairros de São Paulo e o inédito Crônicas da Cidade. O primeiro apresenta documentários com 26 minutos de duração, cada, que tratam do passado e das características de determinadas regiões. O segundo traz dez curtas-metragens de cinco minutos, cujos temas se relacionam com a metrópole e seus personagens. Todos os títulos foram lançados neste ano.

Dirigida por Silvia Wolfenson, Cinzas eternas – Uma declaração de amor à Lapa é uma das 20 produções sobre bairros. Narrado a partir de depoimentos de moradores e pesquisadores, o filme apresenta fatos históricos e curiosidades sobre a região, como a origem de seu nome. Por estar localizado entre os Rios Pinheiros e Tietê, o local era chamado, pelos índios, de Lapa (lugar por onde se passa). Também é relembrada a construção de uma muralha, erguida pelos portugueses para defender a recém-fundada Vila de São Paulo de Piratininga, atual cidade de São Paulo, das invasões indígenas.

Em Bixiga a bela vista do palco brasileiro, a cineasta Inês Cardoso reúne personalidades das artes cênicas paulistanas, como as atrizes Nydia Lícia, Maria Della Costa e Cleyde Yáconis, para comentar a importância cultural de teatros situados nessa região, como o TBC, o de Arena e o Ruth Escobar.

Mostrando a metrópole de forma mais lírica, ‘Crônicas da Cidade’ reúne títulos como Samparkour, de Wiland Pinsdorf. O curta traz belas imagens captadas enquanto um rapaz percorre, vertiginosamente, cenários emblemáticos da capital, como o Viaduto Santa Ifigênia e a Estação da Luz, praticando parkour (arte do deslocamento).

Dirigido por Eliane Caffé, Sob o Viaduto Alcântara Machado revela como esse local, antes abandonado e cheio de lixo, foi transformado em uma moderna academia de boxe.

Programação:

Crônicas da Cidade
- Altiplano Pari - Dir.: Mauro D’Addio.
O curta acompanha as manifestações culturais e folclóricas bolivianas que ocorrem, aos domingos, na Feira de Kantuta, no bairro do Pari.
- Cidade Limpa, A lei que pegou - Dir.: Vinicius Mainardi.
Enquanto o artista plástico Tony de Marco comenta os benefícios da lei Cidade Limpa, fotos tiradas por ele em abril de 2007 são utilizadas para ilustrar os resultados dessa implantação.
- Fatia Paulista - Dir.: Sylvain Barré.
Estações do Metrô e o Masp são alguns dos pontos mostrados nesta animação que trata dos subterrâneos da cidade.
- O Chapa - Dir.: Tatiana Toffolli.
O curta acompanha um dia na vida do ajudante de caminhoneiro que faz a entrega de uma encomenda na periferia.
- Samparkour - Dir.: Wiland Pinsdorf.
O traceur Zico Corrêa percorre locais emblemáticos da cidade, como Viaduto Santa Ifigênia, Estação da Luz, Masp e Estádio do Pacaembu, praticando parkour (saltos acrobáticos urbanos).
- São Paulo além das horas - Dir.: Eliane Coster.
Por meio das lembranças de um velho relojoeiro, o curta trata da passagem do tempo na cidade de São Paulo.
- Sob o viaduto Alcântara Machado - Dir.: Eliane Caffé.
O curta mostra a recuperação dos baixos do viaduto Alcântara Machado, transformado em academia de boxe.
- Sonho de Cidade - Dir.: Ana Lúcia Guimarães.
Imigrantes nordestinos comentam sobre suas expectativas quando chegaram em São Paulo.
- Três Tabelas - Dir.: Tatiana Azevedo.
Durante partidas de sinuca, velhos moradores relembram o passado dos bairros da Lapa, Barra Funda e Pompéia.
- Tias Baianas Paulistas - Dir.: Gustavo Mello, Eduardo Piage e Luiz Ferraz.
Senhoras integrantes das alas das baianas de escolas de samba paulistanas comentam a formação do grupo Tias Baianas Paulistas, que apresenta, mensalmente, na Vila Madalena, shows de samba ao ar livre, acompanhados de feijoada.
5 min cada. Exibições seguidas. Dia 29, 16h

História dos Bairros de São Paulo – 2ª edição
- Itaquera em Movimentos - Dir.: Marcelo Caetano
- Guaianases – Expresso Uruaí-Lajeado - Dir.: Nereu Cerdeira
26 min cada. Exibições seguidas. Dia 29, 18h
- Cititur – Pelo velho e novo Santo Amaro - Dir.: Marcelo Muller.
- Parelheiros - No extremo sul da cidade - Dir.: Wagner Morales.
26 min cada. Exibições seguidas. Dia 29, 20h
- Pompéia/Vila Romana - Dir.: Neusa Pereira.
- Cinzas Eternas – Uma declaração de amor à Lapa - Dir.: Silvia Wolfenson.
- Jaraguá – Terra sem mal - Dir.: Rodrigo Gontijo.
- Parelheiros - No extremo sul da cidade - Dir.: Wagner Morales.
26 min cada. Exibições seguidas. Dia 30, 16h
- Santa Ifigênia e seus recados - Dir.: Thiago Mendonça.
- Bixiga - A bela vista do palco brasileiro - Dir.: Inês Cardoso.
26 min cada. Exibições seguidas. Dia 30, 18h15
- Sete Voltas – História do Parque Dom Pedro II e Mercado - Dir.: Rogério Nunes.
- Doces Lembranças – Histórias saborosas do Pari - Dir.: Volymar Malgarin.
26 min cada. Exibições seguidas. Dia 30, 20h

Serviço: Centro Cultural São Paulo - Sala Lima Barreto.
Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso, Centro.
Tel. 3397-4002. Próximo da estação Vergueiro do metrô.
Atendimento: 3ª a domingo, das 10h às 22h.
De 29/09 a 04/10.
Livre. Grátis”

Fonte: site PMSP/Secretaria Municipal de Cultura

29 de set de 2009

NA VILA LEOPOLDINA, CALÇADAS VIRAM DEPÓSITO DE CAIXAS E ABRIGAM "IMÓVEIS" DE MORADORES DE RUA

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

Envie seu e-mail para o Cidade Celular
Internauta Miriam reclama da ocupação irregular das calçadas na Vila Leopoldina:

"Passar pelas ruas Hassib Mofarrej e Xavier Kraus, entre a avenidas Mofarrej e a Dr. Gastão Vidigal (Vila Leopoldina, zona oeste paulistana) - o que se vê são montes e montes de caixas de madeira nas calçadas.

Impossível pensar em calçada para ser utilizada por pedestres, pois não parece que se está em uma via pública, mas sim em algum depósito de caixas de madeira. A sensação é de queo existe nenhuma fiscalização municipal. A fiscalização da prefeitura se preocupa com placas, fachadas, etc, mas nesta região a via pública parece mais um lixão!

Na mesma rua Hassib Mofarrej, entre a avenida Dr. Gastão Vidigal e a Rua Baumann, tem moradores de rua que "construíram" barraco de madeira na calçada e lá vivem há bastante tempo, sem qualquer problema. Pelo contrário, o "imóvel" vem crescendo...

Encaminho a
s fotos ao blog São Paulo Urgente. Quem sabe algum dia seja possível limpar esta área da cidade?!!! Grata Miriam"



Agradecemos pelo contato, Miriam, e enviaremos sua reclamação para a Subprefeitura da Lapa, atualmente comandada pela Soninha Francine.

Saiba mais:
Site oficial da Subprefeitura da Lapa

Envie tambEnvie seu e-mail para o Cidade Celularém sua mensagem. Use seu telefone móvel, registre fotos, vídeos ou escreva para o Cidade Celular - flagrantes da cidade, queixas, problemas, sugestões, eventos, pessoas. Mobilize-se! Participe enviando seu e-mail para saopaulourgente@gmail.com


NA ZONA SUL, WORKSHOP DISCUTE SIGNIFICADOS DA EDUCAÇÃO

São Paulo lado A, B, C, D..

Um dica para os internautas que se interessam ou trabalham na área de educação: o Sacolão das Artes (Av. Cândido José Xavier, 577 - Capão Redondo, zona sul paulistana) realiza neste sábado (03/10), das 9h00 às 13h00, o encontro "As Concepções da Educação e a Proposta Popular".

O workshop vai discutir, a partir de uma construção coletiva, os diferentes significados da educação.

A partir deste debate, o objetivo é revelar as diferentes concepções de educação - tradicional, liberal, técnico-burocrática, e outras que pautam a pautaram as propostas da educação popular.

Entre os participantes estão o sociólogo e educador popular Lucas Henriques, e a jornalista e educadora popular Carla Prestes.

Workshop "As Concepções da Educação e a Proposta Popular"
Dia 3 de outubro, das 9h00 às 13h00, no Sacolão das Artes
Av. Cândido José Xavier, 577 - Capão Redondo, zona sul paulistana
Inscrições gratuitas pelo e-mail sacolaodasartes@gmail.com
Informações: 5819-2564 / 9819-1418
Vagas limitadas

Fonte: Brava Companhia

28 de set de 2009

EMPREGOS, CURSOS E PALESTRAS - 28/09 A 03/10

Oportunidades de trabalho, empreendedorismo, cursos e palestras gratuitos

1) CATs selecionam auxiliares e assistentes na prestação de serviços
As unidades dos Centros de Apoio ao Trabalhador (da Secretaria Municipal do Trabalho) têm 618 vagas para ajudantes e auxiliares em diversas funções na área de prestação de serviços.

É necessário experiência mínima de seis meses e a escolaridade varia de acordo com o cargo pretendido. Os salários variam de R$ 580,00 e R$ 800,00, mais benefícios com vale-transporte, vale-refeição e assistência médica.

Os interessados devem se inscriver pessoalmente levando RG, CPF, carteira profissional, título de eleitor, certificado de escolaridade e comprovantes de cursos atualizados, numa das seis unidadades do CAT abaixo:
CAT Avançado Zona Sul/Jabaquara - Av. Eng.º Armando de Arruda Pereira, 2314
Zona Sul/Interlagos - Avenida Interlagos, 6.122
Zona Leste/Itaquera - Rua Gregório Ramalho, 12
Zona Oeste/Lapa - Rua Monteiro de Melo, 342
Zona Norte/Santana - Rua Voluntários da Pátria, 1.553
Zona Central/Luz - Avenida Prestes Maia, 913

Outras informações no site da Prefeitura

2) Aula aberta de dança do ventre na Vila Mariana
A bailarina e coreógrafa Cristina Antoniadis realiza aula aberta gratuita de dança do ventre nesta terça-feira (29/09), às 20h30, no Espaço Cultural Ursula Correa (R. Conselheiro Rodrigues Alves, 728 - prox. a estação Ana Rosa).

Cristina tem mais de 15 de estudo e prática em danças gregas e árabes, com trabalho voltado à essência dessas danças.

A dança do ventre, além de atividade prazerosa, melhora a auto-estima e traz inúmeros benefícios para a saúde feminina, como alívio aos sintomas da tensão pré-menstrual, aumento da flexibilidade e equilíbrio corporal, trabalho e enrijecimento dos músculos entre outros.


Aula aberta gratuita de dança do ventre com Cristina Antoniadis

29/09 (terça-feira), às 20h30
Espaço Cultural Ursula Correa
R. Conselheiro Rodrigues Alves, 728 - Estação Ana Rosa do Metrô
Acesse o site oficial de Cristina Antoniadis

Fonte: Cristina Antoniadis - Imagem: acervo pessoal

3) Nos Telecentros, formação para jovens em Tecnologia da Informação

Os Telecentros Benedito Calixto, Jardim Guaraú, Biblioteca Monteiro Lobato e Santa Cecília começam, em 19 outubro, um projeto piloto para formação de jovens profissionais de Tecnologia da Informação (TI). É preciso ter ensino médio completo e conhecimento básico de HTML.

Haverá seleção para preenchimento das 120 vagas. Os interessados devem se inscrever entre os dias 5 e 10 de outubro num dos 300 telecentros da Capital. As provas seletivas serão aplicadas nos dias 17 e 18 de outubro, em 20 telecentros da cidade.

No conteúdo da primeira etapa do curso estão programação de banco de dados e infra-estrutura. No início do segundo módulo o enfoque será em inglês e, na última etapa, os alunos passarão por treinamento em equipe, além de receber orientações sobre relacionamento interpessoal e elaboração de currículos.

A capacitação será ministrada por professores do Centro de Tecnologia de Informação da Universidade de São Paulo, com com patrocínio do Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo. O curso contará, ainda, com apoio dos
Centros de Apoio ao Trabalho (CATs) para encaminhar os jovens formados ao mercado de trabalho.

Formação de jovens em Tecnologia de Informação
Início em 19/10 nos Telecentros Benedito Calixto, Jardim Guaraú, Biblioteca Monteiro Lobato e Santa Cecília
Inscrições entre 5/10 a 10/10 num dos 300 telecentros da capital
120 vagas - Gratuito
Clique aqui para outras informações sobre o curso ou acesse o site oficial dos Telecentros.

Fonte: PMSP

4) Curso de história da arte na Estação Pinacoteca
A Pinacoteca do Estado promove o curso de história da arte "Diálogos sobre arte contemporânea no Brasil", sob s orientação de José Augusto Ribeiro. O curso vai de outubro a dezembro, com seis encontros sempre aos sábados, a partir das 15h00 (início em 10/10).

O curso vai discutir a arte moderna e contemporânea brasileira a partir da obra de 12 artistas como Alfredo Volpi, Iberê Camargo, Helio Oiticica, Cildo Meireles, Tunga, entre outros. As inscrições são gratuitas, com direito a certificado.

Curso de história da arte "Diálogos sobre arte contemporânea no Brasil"
De outubro a dezembro/2009, com José Augusto Ribeiro
Sábados, às 15h00 (início em 10/10; término em 05/12)
Auditório da Estação Pinacoteca - Largo General Osório, 66 - Luz
Inscrições gratuitas pelo telefone 3324.1009 com Elizabeth Mathias (das 10h00 às 18h00) ou no e-mail emathias@pinacoteca.org.br

Fonte: Pinacoteca do Estado

5) No SEBRAE, palestra "Marketing de relacionamento na conquista de clientes"
"Marketing de relacionamento na conquista de clientes" é tema da palestra oferecida gratuitamente pleo SEBRAE-SP nesta quinta-feira (01/10), das 16h00 às 18h00, no Jardim Peri Peri (R. Carlos Lindegno Carlucci, 519 - zona oeste paulistana).

Voltada aos empresários e técnicos de micro e pequenas empresas, a palestra vai apresentar o que é o marketing direto e suas ferramentas. Outro conteúdo abordado é apresentação e desenvolvimento de campanha de fidelização de clientes, a partir da criação e montagem de um banco de dados.

Palestra "Marketing de relacionamento na conquista de clientes"
1º de outubro (quinta-feira), das 16h00 às 18h00, promovido pelo SEBRAE-SP
R. Carlos Lindegno Carlucci, 519 - Jd. Peri Peri (zona oeste paulistana)
Inscrições gratuitas pelo telefone 0800 - 570 0800

Fonte: SEBRAE-SP

*Este blog faz divulgações gratuitamente e não se responsabiliza pelas informações fornecidas pelos recrutadores/empresas contratantes.

25 de set de 2009

ATO CONTRA POLÍTICO "FICHA SUJA" NA ZONA SUL

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

O Movimento Periferia de Combate ao Político Ficha Suja realiza nesta sexta-feira (25/09), a partir das 18h00, na Praça Professor Mario dos Santos (próximo a Igreja São José Operário - Capão Redondo), mais um ato para alertar os cidadãos paulistanos sobre a ética na política.

O Movimento Periferia de Combate ao Político Ficha Suja, organizado por moradores e associações da zona sul paulistana, visa conscientizar e estimular a população para que investigue a trajetória tanto dos candidatos quanto dos políticos eleitos, - além de incentivar a mobilização para evitar que mais corruptos sejam eleitos ou reeleitos.

O chamado político "ficha suja" é aquele que responde a processos judiciais (desde casos de corrupção, contas de campanha eleitoral ilegais, até acusações de assassinato e trabaho escravo) e que, por não ter sido julgado em todas as instâncias, pode candidatar-se tranquilamente - sim, este é o Brasil...

Ato do Movimento em Combate ao Político Ficha Suja
25/09 (sexta-feira), a partir das 18h00
Praça Professor Mario dos Santos - próximo a Igreja São José Operário, no Capão Redondo (zona sul)

Quem quiser contatar o Movimento Periferia de Combate ao Político Ficha Suja pode enviar e-mail para: politicofichasuja@gmail.com


Projeto de lei de iniciativa popular visa proibir candidatura do "ficha suja"
Na próxima terça-feira (29/09), outro grupo - o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) formado por 43 entidades - vai entregar à Câmara dos Deputados um projeto de lei para proibir a candidatura dos políticos "ficha suja".

O projeto parte de uma iniciativa popular que reuniu 1 milhão e 300 mil assinaturas, por meio da Campanha Ficha Limpa, liderada pelo MCCE. A campanha, iniciada em abril de 2008, quer criar critérios mais rígidos para que alguém possa se candidatar.

Quem quiser colaborar com a Campanha Ficha Limpa, pode acessar o site do MCCE e participar da coleta de assinaturas em todo o país. Clique aqui para mais informações.

Leia também:

CARTA AOS CIDADÃOS - MOVIMENTO PERIFERIA DE COMBATE AO POLÍTICO FICHA SUJA

CARTÃO AOS CIDADÃOS - MOVIMENTO PERIFERIA DE COMBATE AO POLÍTICO "FICHA SUJA"

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

Reproduzimos no post abaixo cópia da "Carta aos Cidadãos" divulgada pelo Movimento Periferia de Combate ao Político Ficha Suja:


MOVIMENTO PERIFERIA DE COMBATE AO POLÍTICO FICHA SUJA

O Movimento Periferia de Combate ao Político Ficha Suja vem alertar os cidadãos sobre a diferença entre os políticos FICHA SUJA e os cidadãos no que diz respeito à ÉTICA NA POLÍTICA.

O político FICHA SUJA eleito se livra de ser cassado porque tem IMUNIDADE PARLAMENTAR. Os eleitores normalmente desconhecem quem são os políticos FICHA SUJA. Esses maus políticos enganam, mentem, prometem e não cumprem. Não colocam na INTERNET a sua vida pregressa, (tudo de ruim que fizeram), pois tem medo de mostrar a cara. O político FICHA SUJA eleito, muitas vezes pode ser um assassino, um bandido, um corrupto ou um formador de quadrilha. Esse político jamais vai cumprir com seus deveres no parlamento, e é esse cidadão que estamos elegendo para ser o REPRESENTANTE DO POVO.

Depois de eleito o político FICHA SUJA não pode ser cassado. Caso esteja sendo processado, esse processo corre em segredo de justiça, isto é, pode demorar de 10 a 20 anos nas prateleiras da justiça. A justiça no Brasil, como todos sabem, é lenta e raramente condena políticos.

Os PARTIDOS POLÍTICOS, também são responsáveis por essas atitudes que privilegiam políticos FICHA SUJA. Fazem vista grossa e ouvidos mocos. Não deviam permitir dentro do Partido políticos com FICHA SUJA. De certa forma os partidos são cúmplices desse tipo de marginal.

Para o candidato que queira pleitear uma legenda, o PARTIDO deveria exigir as seguintes documentações e publicá-las na INTERNET:

- DECLARAÇÃO DE BENS ATUALIZADA;

- PRESTAÇÃO DE CONTAS ATUALIZADA;

- CERTIDÕES CRIMINAIS (folha corrida) ATUALIZADAS;

- CERTIDÕES DE TODAS AS ESFERAS, ESTADUAL, FEDERAL e ELEITORAL (TRE e TSE) ATUALIZADAS.

Em caso de corrupção declarada e comprovada, após esse candidato ser eleito, os partidos deveriam expulsar esse político do partido e este não poderia nunca mais exercer cargo político de qualquer espécie.

O cidadão tem direito de conhecer e saber da vida pessoal e profissional do seu futuro candidato. Só assim ele pode eleger pessoas de bem para a política.

A DIFERÊNÇA ENTRE O CIDADÃO DE BEM E O POLÍTICO FICHA SUJA.

O cidadão de bem, se der um cheque sem fundos ou atrasar seus compromissos, suas contas, tem seu nome rapidamente exposto em órgãos de defesa como o SERASA e o SCPC. Seu nome fica sujo. Não pode prestar concursos públicos, não pode financiar um carro, não pode comprar nada a prestação ou financiado até regularizar sua vida financeira.

E o político FICHA SUJA?

Este quando eleito, tem todos os direitos possíveis para não ser exposto, isto é, se deve algo, ninguém pode saber. Assim fica fácil, não?

A CONSTITUIÇÃO FEDERAL PROMULGADA EM 05/10/88, no art. 5º- diz: - Todos são iguais perante a lei, afirmação duvidosa essa. Hoje o político eleito PODE TUDO e o cidadão comum NÃO PODE NADA.

NÃO SOMOS IGUAIS

No mesmo Art.5º, parágrafo 57, está escrito: Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória, pois bem, tendo em vista que o político FICHA SUJA tem direito a recorrer em primeira e até a terceira instância, tramitando nos tribunais de 10 a 20 anos, mais o período que ele exerce o mandato, espaço de tempo que o político fica intocável, somando o mandato de vereadores e deputados, prefeitos e governadores (4 anos de mandato), senadores (8 anos de mandato), isto só em uma legislatura,o político FICHA SUJA nunca vai ser condenado pelo seus crimes.

Ele tem plena ciência disso e sabe muito bem usar seus advogados para defendê-lo. Sabe que pode ser corrupto que não será condenado de forma nenhuma. É PRECISO MUDAR ESTE PARÁGRAFO.

Os cidadãos de bem, não são INOCENTES ÚTEIS.

NÃO VOTE EM QUEM VOCE NÃO CONHECE DE VERDADE. INVESTIGUE O SEU CANDIDATO".

Quem quiser contatar o Movimento Periferia de Combate ao Político Ficha Suja pode enviar e-mail para: politicofichasuja@gmail.com

Leia também:
ATO CONTRA POLÍTICO "FICHA SUJA" NA ZONA SUL

24 de set de 2009

COBRANÇA DE "CAIXINHA" NA COVISA: NENHUMA RESPOSTA DA OUVIDORIA DA SAÚDE

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

Lembram-se do problema da "caixinha" cobrada pelos vacinadores durante a campanha contra raiva? No dia 17 de agosto nós denunciamos a cobrança do tal "cafezinho" por um funcionário da Coordenadoria de Vigilância em Saúde - COVISA (leiam A VACINA CONTRA RAIVA, O FUNCIONÁRIO PÚBLICO E O CAFEZINHO)

Ao lado, Salomão, o gato dos blogueiros do São Paulo Urgente - "vítima" do "cafezinho" do funcionário da COVISA

A queixa virou notícia no programa CBN São Paulo, da rádio CBN, com entrevista de uma funcionária da COVISA e leitura de e-mails de outros ouvintes, alertando para a cobrança indevida pela vacinação contra raiva em toda a cidade - não só no Largo Arouche, como foi nosso caso.

Enviamos e-mail para a Ouvidoria de Saúde no dia 17 de agosto e, no dia 19, entregamos a reclamação por escrito, pessoalmente. Hoje, faz um mês e uma semana que a denúncia foi enviada ao órgão e ainda não recebemos nenhuma resposta definitiva.

No dia 10 de setembro, envei este e-mail para a Ouvidoria da Saúde depois de uma cobrança do blog, recebemos a seguinte mensagem da Ouvidoria da Saúde:

"From: Blog São Paulo Urgente
Sent: quinta-feira, 10 de setembro de 2009 11:24
To: ouvidoriasaude@prefeitura.sp.gov.br
Subject: covisa/ "cobrança" da vacina contra raiva


Sr. Ouvidores da Secretaria Municipal de Saúde,

No dia 17 de agosto, enviei a mensagem com reclamação sobre cobrança de "caixinha" durante campanha de vacinação contra raiva. Também entreguei o mesmo conteúdo pessoalmente, na Ouvidoria de Saúde.

Hoje é 10 de setembro e, até agora, nenhuma resposta definitiva foi enviada para mim, nem por e-mail, nem por carta. Recebi apenas uma carta da Prefeitura pedindo que aguardasse a tomada de providências/resposta definitiva.

Afinal, existe algum retorno definitivo para este caso?

Grata,
Flaviana Serafim, jornalista
Blog São Paulo Urgente
www.saopaulourgente.blogspot.com"

No dia 16/09, o ouvidor Mário Sérgio Mendes Cardoso respondeu minha mensagem informando que a queixa foi encaminhada - novamente - para a coordenadora da COVISA:

"SP.16/09/09.
À Srª Flaviana Serafim

Conforme segue abaixo, encaminhamos , e-mail com cópia, para seu conhecimento, ao Setor competente da Saúde, para que providências sejam tomadas.

Atenciosamente,


Mário Sérgio Mendes Cardoso
Ouvidor da Saúde
ouvidoriasaude@prefeitura.sp.gov.br

________________________________________

From: SMS - Ouvidoria
Sent: quarta-feira, 16 de setembro de 2009 11:20

To: SMS - COVisa

Cc: 'saopaulourgente@gmail.com'
Subject: FW: covisa/ "cobrança" da vacina contra raiva

SP.16/09/09.
À COVISA
Srª Coordenadora,

Tendo em vista o tempo decorrido e ainda não foram tomadas as devidas providências quanto ao ocorrido, solicitamos manifestação o mais breve possível.

Salientando que a resposta das medidas adotadas deverá ser encaminhada diretamente ao munícipe, com cópia (através de E-mail), a esta Ouvidoria da Saúde no menor prazo possível.

Informamos também que uma cópia desta comunicação foi enviada ao munícipe para acompanhamento.

Atenciosamente,

Mário Sérgio Mendes Cardoso

Ouvidor da Saúde
ouvidoriasaude@prefeitura.sp.gov.br"

Resposta definitiva da Coordenadoria de Vigilância em Saúde? Nada, nadinha até agora - um mês e uma semana depois.

Saiba mais:
A VACINA CONTRA RAIVA, O FUNCIONÁRIO PÚBLICO E O "CAFEZINHO"

"CAFEZINHO" DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS POR TODA CIDADE - VALE ATÉ "CAIXINHA PRÉ-DATADA"

E TOME "CAFEZINHO": OUVIDORIA DA SAÚDE FAZ 1º CONTATO

Texto e foto do gato Salomão: Flaviana Serafim

SOB A MISÉRIA NA REGIÃO DA LUZ, A SÃO PAULO DE OUTROS TEMPOS

São Paulo lado A,B,C,D...

Reportagem da Folha de S.Paulo:

"Arqueólogos acham objetos do século 19 na cracolândia

RICARDO WESTIN
da Folha de S.Paulo

Um grupo de arqueólogos descobriu 2.344 utensílios domésticos do século 19 soterrados em plena cracolândia, a área mais degradada do centro de São Paulo.

Foram encontrados pratos, xícaras, moringas, vasos, potes e até penicos, entre muitos outros objetos, feitos de materiais como porcelana, cerâmica, louça e vidro e que ajudam a contar a história da cidade. A maior parte está despedaçada e será reconstruída.

Divulgação
(ao lado) Fragmentos de pratos de decoração do século 19 que foram encontrados no local, em uma área de 7.000 metros quadrados.

"Foi uma grande surpresa. Normalmente não passa pela cabeça de um arqueólogo encontrar tantos vestígios tão bem preservados numa cidade como São Paulo", afirma Paulo Bava Camargo, do grupo Zanettini Arqueologia.

Localizada no meio de uma região onde hoje vagueiam viciados em crack --daí o apelido cracolândia--, a quadra em questão é delimitada pelas ruas Timbiras, Andradas, Aurora e General Couto de Magalhães e tem 7.000 metros quadrados. No local funcionou um estacionamento até o ano passado, quando o quarteirão foi desapropriado pelo Estado.

Ali serão erguidas uma escola técnica e a nova sede do Centro Paula Souza (entidade responsável pelas escolas técnicas e pelas faculdades de tecnologia estaduais). O governo de São Paulo quer os edifícios prontos até o fim do ano que vem.

Por exigência da legislação, o Centro Paula Souza teve de realizar uma avaliação arqueológica no terreno. Os arqueólogos foram à cracolândia em junho passado e viram vestígios de 150 anos atrás brotar logo nas primeiras escavações.

20 réis

Entre os achados há objetos nacionais e importados. Alguns são finos, cuidadosamente pintados a mão. Outros são rústicos e até mesmo defeituosos. Isso sugere que naquela quadra conviviam ricos e pobres.

"No final do século 19, São Paulo estava dividida. Havia os Campos Elíseos e a República, áreas de ocupação mais nobre, e o Bom Retiro, onde viviam os imigrantes, os trabalhadores. Era no meio delas que se dava o encontro [das classes sociais]", explica Bava Camargo.

Essa região era o coração de São Paulo. A poucos passos estão as estações ferroviárias da Luz e Júlio Prestes, construídas justamente naquela época.

No quarteirão escavado também foram encontradas pás, machadinhas, ferraduras e moedas -uma é de 20 réis, em cobre, e circulou entre 1886 e 1871. Isso mostra que, além de residencial, a área também tinha comércio. Os arqueólogos creem na existência, por exemplo, de uma estrebaria.

Segundo o arqueólogo Bava Camargo, o fato de não haver um sistema organizado de coleta do lixo -São Paulo só contou com esse serviço na virada para o século 20, em resposta a uma epidemia de febre amarela-, as famílias enterravam ou simplesmente atiravam os entulhos no quintal de casa.

O Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) analisará o relatório redigido pelos arqueólogos para decidir o destino dos objetos históricos. Paulo Zanettini, o líder do grupo que fez as escavações, gostaria de vê-los expostos na própria região da Luz.

"Descobertas desse tipo mostram que o passado de São Paulo é muito mais rico do que se imagina", diz Bava Camargo".

Reprodução da Folha de S.Paulo/Folha on Line

SELEÇÃO PÚBLICA PARA ESTÁGIOS: INSCRIÇÕES PRORROGADAS ATÉ 28/09

Oportunidades de trabalho, empreendedorismo e cursos gratuitos

Estudantes de ensino superior, médio e médio profissionalizante podem participar da seleção pública para estágios, que foi prorrogada até 28/09 com inscrições diretamente no site da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (FUNDAP).

Há vagas em todo o Estado para diversas áreas e órgãos públicos, com salários variando entre R$ 300,00 e R$ 750,00 de acordo com o nível estudantil e a carga horária.

A prova de avaliação dos candidatos será no dia 25/10 e o resultado final dos selecionados será divulgado em 09/11. Para se inscrever, é preciso pagar taxa de R$ 15,00.

Acesse o edital, quadro de vagas e a ficha de inscrição no site da FUNDAP

Seleção Pública para Estágio 2009 - 2º Semestre
Inscrições prorrogadas no site da FUNDAP até 28/09
Prova: 25/10 - Divulgação dos selecinados: 09/11
Taxa: R$ 15,00

23 de set de 2009

NO CHÃO...

São Paulo lado A,B,C,D...

Acesse outras imagens no FLICKR do São Paulo Urgente

Este imóvel, construído em 1905 na Rua Asdrúbal Nascimento (centro) foi fotografado em abril/2009 e publicado no blog em maio no post 104 ANOS DEPOIS...

Agora, apenas cinco meses depois, descobrimos que o casarão já não existe mais. É outro que foi ao chão, cedendo espaço a um estacionamento.

Em Sampa, os carros ocupam não só as ruas, mas também as memórias.





Veja também:
ESQUELETÃO

Fotos: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto

22 de set de 2009

SEMINÁRIO DISCUTE "DESAFIOS PARA A MOBILIDADE SUSTENTÁVEL NA CIDADE DE SÃO PAULO"

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

"Seminário acontece nesta quinta-feira (24/09), das 8h00 às 18h00, no Espaço de Educação Corporativa da AES Eletropaulo (Rua Lavapés 463 - Cambuci), promovido pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo.

O evento se desenvolverá na forma de painéis - São Paulo e o Transporte Sustentável e Transporte Sustentável: novas perspectivas, com a participação de órgãos governamentais, ONGs e Institutos que trabalham com a questão da mobilidade, além de montadoras e indústrias de novas tecnologias ligadas ao transporte elétrico".

Programação:
8h às 8h30 - Recepção e Welcome Coffee
8h30 às 9h - Abertura oficial com a presença dos Secretários Municipais do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo Jorge; de Transportes, Alexandre de Moraes, de Desenvolvimento Urbano, Miguel Bucalém; do Secretário Estadual de Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella e CEO da AES Brasil, Britaldo Soares.

9h às 13h - Painel "São Paulo e o Transporte Sustentável"
9h às 9h30 - Panorama Geral - Adriano Branco
9h30 às 9h45 - Trólebus - Jorge Françozo de Moraes - Respira São Paulo
9h45 às 10h - Novos Híbridos - Iêda Maria A. Oliveira - Eletra
10h às 10h15 - Redução da Poluição com a implantação do Metrô-
João Batista de Moraes Ribeiro Neto- Metrô
10h15 às 10h30 - Plano de expansão, acessibilidade e inserção urbana - Alberto Epifani - CPTM
10h30 às 10h45 - Infraestrutura de Energia a Mobilidade Elétrica- Demóstenes Barbosa- AES Eletropaulo
10h45 às 11h - Hidrogênio e álcool no transporte público - Marcos Correia Lopes - EMTU
11h às 11h15 - Alternativas para o uso da bicicleta - Ismael Caetano- Parada Vital
11h15 às 11h45 - Interação com o público

12h às 13h30 - no local

13h30 às 17h30 - Painel Transporte Sustentável - novas perspectivas
13h30 às 14h - Novas perspectivas, novas tecnologias - José Goldenberg
14h às 14h15 - Anderson Bressan - Toyota
14h15 às 14h30 - Renault/Nissan
14h30 às 14h45 - Leonardo Cavaliere - Fiat
14h45 às 15h - Samir Nunes - Motor Z
15h às 15h15 - Pietro Erber - ABVE - Rio
15h15 às 15h20 - Entrega do documento Desafios e Incentivos para o Transporte Elétrico ao poder público
15h20 às 15h35 - O poder público e os incentivos ambientais - Secretário Municipal de Planejamento Manuelito Pereira Magalhâes Junior
15h35 às 15h50 - Carro compartilhado - uma proposta para São Paulo - Ismael Caetano
15h50 às 16h20 - Interação com o público
16h30 - Coquetel de encerramento

Seminário "Desafios para a Mobilidade Sustentável na Cidade de São Paulo"
24 de setembro (quinta-feira), das 8h00 às 18h00
Espaço da Educação Corporativa da AES Eletropaulo
Rua Lavapés, 463 - Cambuci - São Paulo - SP
Inscrições: 3286-0663

Fonte: Movimento Nossa São Paulo

HOJE É O DIA MUNDIAL SEM CARRO. VOCÊ DEIXOU SEU CARRO NA GARAGEM?

SOS São Paulo - A cidade em nossas mãos

Debates, "bicicletada", intervenções artísticas e outros eventos marcam, nesta terça (22/09), o Dia Mundial Sem Carro na Capital paulista.

O Dia Mundial Sem Carro surgiu na Europa com intuito de promover manifestos e reflexão sobre os enormes problemas causados pelo uso do carro, propondo a utilização e melhoria dos transportes públicos e também “alternativos”, como a bicicleta. O primeiro ano foi na França, em 22 de setembro de 1997.

Outra proposta, óbvio, é incentivar o motorista a deixar seu carro na garagem neste dia, mas, pelo trânsito carregadíssimo da cidade, e ainda com terça-feira chuvosa, a adesão do paulistano foi duvidosa, infelizmente.

No pico da manhã, o congestionamento chegou a 73 quilômetros às 9h00. Às 18h50, a lentidão já passava dos 110 quilômetro, principalmente nas regiões sul e norte da capital.

Outro problema é que a Prefeitura fez pouco, ou melhor, não fez nada neste Dia Mundial Sem Carro - não promoveu ações educativas, nem aumentou a frota circulante dos ônibus. Todas as iniciativas foram realizadas organizações não governamentais, como o Movimento Nossa São Paulo, e o Instituto Akatu Pelo Consumo Consciente.

No Rio de Janeiro, nossos vizinhos cariocas tiveram apoio da prefeitura municipal e, ao que parece, a adesão da população também foi maior. Até o prefeito Eduardo Paes vestiu bermuda, tênis e pedalou 20 quilômetros (!!!) de bibicleta no trajeto entre sua casa, na Gávea, até o Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio, em Botafogo.

Aqui em Sampa? Rá, rá, rá!!! Nem em sonho! Até parece que Gilberto Kassab vestiria seu bermudão para ir de bike até a prefeitura... Ele certamente seria atropelado antes de chegar ao trabalho! Para não ficar chato, nem tão antipático, Kassab foi de ônibus até a prefeitura, sentadinho curtindo a "paisagem".

E vocês? Quantos aqui conseguiram deixar o carro na garagem hoje?

Saiba mais:
Leia o
Manifesto do Dia Mundial Sem Carro
Site oficial do Dia Mundial Sem Carro em São Paulo
Dicas para você ajudar a melhorar o trânsito de São Paulo
Saiba o que sua empresa pode fazer
Notícias do Dia Mundial Sem Carro

Conheça a programação do Dia Mundial Sem Carro:

22/09 (terça-feira)
Das 7h às 19h, “Vaga Viva” (esquina da R. PadreJoão Manoel e Av. Paulista, ao lado do Conjunto Nacional) – transformação de espaços de estacionamento na rua em local de convivência e práticas lúdicas. A atividade contará com a participação da Campanha TicTac, que alerta sobre os efeitos das mudanças climáticas.

A partir das 9h, marginal do Rio Tietê, na altura da Ponte das Bandeiras, “Praia do Tietê” – Atividade promovida pela Fundação SOS Mata Atlântica que pretende reunir 200 pessoas para encenar uma manhã de lazer, com caminhada, jogos e até espaço para banho de sol na "praia do Tietê" . O cenário contará com esteiras, cadeiras de praia e guarda-sol. O objetivo é imaginar uma cidade com rios limpos, revitalizados, atraentes para a população. O evento será transmitido, ao vivo, pela Rádio Eldorado. Informações em www.sosma.org.br.

A partir das 9h, Panfletagem (ponto de encontro na Vaga Viva, R. Padre João Manoel, entre a Av. Paulista e a Alameda Santos, ao lado do Conjunto Nacional) – Distribuição do Manifesto por um ar mais limpo e em favor da mobilidade urbana em São Paulo. Com com máscaras anti-poluição, participantes distribuirão um manifesto, inédito, assinado por diversas organizações, que alerta sobre os impactos da poluição veicular na saúde e pública e no aquecimento global e sobre a urgência de medidas que estimulem a mobilidade sustentável.

Inscrições para as atividades pelo e-mail gabriela@isps.org.br.

Das 10h às14h, Pegue Carona nessa Ideia (Sesc Carmo) - Intervenções artísticas de uma trupe de palhaços que percorrerá diferentes ruas do centro de São Paulo, com distribuição de material informativo e ações interativas. Os atores terão a missão de sensibilizar as pessoas sobre a importância de mudar e criar hábitos saudáveis, como caminhar e andar de bicicleta. Roteiro: SESC Carmo, Praça Poupatempo, Pça da Sé, Rua XV de Novembro, Pça Antonio Prado, Rua São Bento e Lgo São Bento, Líbero Badaró, Viaduto do Chá, R. 24 de Maio, Av. Ipiranga, Barão de Itapetininga, Viaduto do Chá, Praça Pratriarca, Rua Direita, Praça da Sé e Rua do Carmo. Com Os Sustentáveis – Agentes de Transição. Grátis.

Das 11h às 17h, Pedalando no calçadão (Sesc Osasco) -
Vivência físico-esportiva com triciclos que pretende estimular o uso da bicicleta como opção de transporte e atividade física. No Calçadão do Osasco Plaza Shopping, localizado na Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo, Nº 81. Grátis.

Das 10h às 22h, Pedale no tempo (Sesc Osasco) - Exposição que vai até 12/10, aberta de segunda-feira a domingo, vai mostrar diversos modelos de bicicletas que rodaram entre as décadas de 1940 e 1990, e que ainda hoje permeiam o imaginário de muitas pessoas. Mostrando um pouco da história e da contribuição que este veículo trouxe para o desenvolvimento da nossa sociedade, na área do lazer e transporte, e mais recentemente para a melhoria da qualidade do ar. Essa exposição faz parte do acervo da São Paulo Hawks. Na Praça de Eventos do Osasco Plaza Shopping, localizado na Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo, Nº81. Grátis.

A partir das 18h, Bicicletada do Dia Mundial Sem Carro - A Bicicletada é um movimento que existe no Brasil e em Portugal e tem o objetivo de divulgar, estimular, promover e criar condições favoráveis para o uso da bicicleta como meio de transporte. A saída será na Praça do Ciclista (Av. Paulista com Av. Consolação).

Das 18h às 20h30, Os autoólicos anônimos (Sesc Santana) - Intervenção artística que tem como objetivo sensibilizar a população para o uso consciente do automóvel e mostrar alternativas de transporte na cidade de São Paulo. Com Cia Dona Conceição. Vários espaços da unidade. Grátis.

Texto: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto - Foto: Gladstone Barrreto

21 de set de 2009

EMPREGOS, CURSOS E PALESTRAS - 21 A 27/09

1) Seleção para estágio em órgãos públicos estaduais
Até 28/09, a Fundação do Desenvolvimento Administrativo (FUNDAP), recebe inscrições de estudantes do ensino superior, médio e profissional de nível médio, interessados na seleção pública para estagiários. Há vagas para todo o Estado, em diversas áreas e órgãos públicos da administração estadual.

A prova de avaliação dos candidatos será no dia 25/10 e o resultado final dos selecionados será divulgado em 09/11. As inscrições podem ser feitas pela internet no site oficial da FUNDAP, e a taxa é de R$ 15,00.

A bolsa auxílio varia de acordo com a carga horária e nível da formação: de R$ 300,00 a R$ 570,oo (ensino médio); de R$ 340,00 a R$ 630,00 (ensino profissional de nível médio), e R$ R$ 420,00 a R$ R$ 750,00 (nível superior).

Seleção Pública p
ara Estágio 2009 - 2º Semestre
Inscrições prorrogadas no site da FUNDAP até 28/09
Prova: 25/10 - Divulgação dos selecinados: 09/11
Taxa: R$ 15,00
Acesse o edital, quadro de vagas e a ficha de inscrição no site da FUNDAP

Fonte: FUNDAP

2) Café Filosófico discute ocupação urbana e impacto ambiental
O Café Filosófico deste sábado (26/09), às 15h00, discute a "Ocupação Urbana e Impacto Ambiental", com a presença do Prof. Dr. Francisco Capuano Scarlato, colaborador sênior do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo.

Realizado no Sindicato dos Trabalhadores da Ind. do Cimento de Perus, o Café Filosófico é um ciclo de debates organizado por graduandos em Filosofia da Universidade de São Paulo, com o intuito de aproximar comunidade, estudantes e organizações sociais. Em 2009, o direito à memória é o eixo central da palestras do Café Filosófico.

Café Filosófico "Ocupação Urbana e Impacto Ambiental"
Com Prof. Dr. Francisco Capuano Scarlato, do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo
26 de setembro, às 15h00, com entrada franca
Sindicado dos Trabalhadores da Ind. do Cimento, Cal e Gesso de Perus
Rua Padre Manoel Campello, 182 – Perus – São Paulo – SP
Informações: 3917- 0824

Fonte: USP

3) Seleção de profissionais para bares e restaurantes
"Nesta semana, as seis unidades de atendimento do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), da Secretaria Municipal do Trabalho, recebem inscrições de pessoas interessadas em uma das 747 vagas para trabalho em bares, restaurantes e lanchonetes da cidade de São Paulo.

Existem 374 oportunidades para atendente de lanchonete, 99 para ajudante de cozinha, 73 para copeiro, 69 para operador de caixa, 40 para auxiliar de cozinha, 24 para cozinheiro, 23 para garçom, 10 para cumim, 10 para lancheiro, 8 para padeiro, 7 para pizzaiolo, 6 para confeiteiro e 4 para saladeira.

Para participar da seleção, os candidatos devem ter experiência de, no mínimo, seis meses na função pretendida, disponibilidade de horário e, para mais de 70% das ofertas, o ensino médio completo ou cursando.

Os interessados devem comparecer a um dos postos do CAT abaixo com carteira profissional, RG, CPF, título de eleitor, certificado de escolaridade e comprovantes de cursos atualizados."

Confira os endereços dos Centros de Apoio ao Trabalho (com mapa do Apontador.com):
CAT Avançado Zona Sul/Jabaquara - Av. Eng.º Armando de Arruda Pereira, 2314
Zona Sul/Interlagos - Avenida Interlagos, 6.122
Zona Leste/Itaquera - Rua Gregório Ramalho, 12
Zona Oeste/Lapa - Rua Monteiro de Melo, 342
Zona Norte/Santana - Rua Voluntários da Pátria, 1.553
Zona Central/Luz - Avenida Prestes Maia, 913

Fonte: PMSP/Secretaria Municipal do Trabalho

4) Walter Carvalho e Sandra Corvelone no CCBB
Nesta terça-feira (22/09), a partir das 19h30, o cineasta Walter Carvalho e a atriz Sandra Corvelone são os convidados da palestra "Luz e Sombra no Cinema Nacional", em bate-papo mediado por Daniel Piza no Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Álvares Penteado, 112 - Centro).

A programação integra o "Arte/Inconsciente", projeto do CCBB que "inter-relaciona as diversas modalidades do fazer artístico às proposições das teorias do inconsciente". O objetivo é " aproximar o público e ajudar a pensar o homem contemporâneo no que ele tem de mais estimulante: sua capacidade de criação artística".

Walter Carvalho é um dos melhores diretores de fotografia do país em filmes como "Central do Brasil, de Walter Salles Jr (1998) e "Lavoura Arcaica", de Luiz Fernando Carvalho ( 2001), e no documentário "Notícias de uma guerra particular", de João Moreira Salles e Katia Lund (1999), entre outros. Sandra Corvelone, atriz do Grupo Tapa, estreou no cinema nacional em "Linha de Passe", (2008) e sua atuação foi premiada no Festival de Cannes (apesar do péssimo filme de Walter Salles Jr... Os fãs que nos desculpem, mas se tem algum filme ruim do diretor, é o lamentável "Linha de Passe")

Luz e Sombra no Cinema Nacional
Com Walter Carvalho e Sandra Corvelone
Dia 22/09, às 19h30, no Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 - Centro (próximo ao metrô Sé)
Entrada franca - senhas distribuídas no CCBB a partir das 10h00 do dia do evento

Fonte: CCBB

*Este blog faz divulgações gratuitamente e não se responsabiliza pelas informações fornecidas pelos recrutadores/empresas contratantes.

Foto do CCBB: Gladstone Barreto

20 de set de 2009

DÁ PRA VIVER UM DIA SEM COMER CARNE? SIM, É ESTA A PROPOSTA DA "SEGUNDA SEM CARNE"

Cidadania, meio ambiente e inclusão

Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente e Sociedade Vegetariana lançam campanha nos dias 3 e 4 de outubro, no Parque do Ibirapuera



"Descubra novos sabores. Pelas pessoas. Pelos animais. Pelo planeta". Este é o mote da campanha Segunda Sem Carne, que será lançada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) a partir de 3 de outubro. O objetivo é incentivar as pessoas a deixar de comer carne ao menos uma vez por semana, com inúmeros benefícios à saúde e ao planeta.


Pelas pessoas - benefícios à sua saúde


"Uma dieta sem carne diminiu em 30% a chance de desenvolver doenças coronarianas, em até 50% o risco de apresentar diabetes e em mais de 80% a incidência de câncer de cólon.1"


Prevenir doenças crônicas degenerativas como doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, colesterol elevado, diversos tipos de câncer e diabetes - estes são apenas alguns dos diversos benefícios à saúde de quem reduz o consumo de carne, de acordo com a SVB.

Não leve a sério a conversa daquele médico alopata, careta e idiota, afirmando que comer carne é "fundamental". Isso é mentira pura!!! Adotando uma dieta equilibrada, há inúmeros substitutos para a carne - desde grãos como ervilha, lentilha e grão-de-bico, até a proteína de soja, muito nutritiva e saborosa (leia COMO PREPARAR PROTEÍNA DE SOJA)

Ok, você não se convenceu sobre os benefícios de reduzir o consumo de carne? Quer mais motivos? Então, confira resultados de estudos científicos divulgados pela American Dietetic Association e nutrionistas do Canadá:
- Redução das mortes por infarto (doença cardíaca isquêmica) em 31% em homens vegetarianos e 20% em mulheres vegetarianas (estudo com 76 mil indivíduos).
- Comparando a mortalidade por doenças cardíacas entre vegetarianos e semivegetarianos (no estudo considerado como consumidor de peixe ou carne 1 vez por semana), a mortalidade também é menor em vegetarianos.
- Níveis sangüíneos de colesterol 14% mais baixos em ovo-lacto-vegetarianos do que nos comedores de carne.
- Níveis sangüíneos de colesterol 35% mais baixos em veganos do que nos comedores de carne.
- Menor pressão arterial (redução de 5 a 10 mmHg) nos vegetarianos.
- Redução de até 50% do risco de apresentar diverticulite nos vegetarianos.
- Redução de até 50% do risco de apresentar diabetes nos vegetarianos.
- Probabilidade duas vezes menor de apresentar pedras na vesícula nas mulheres vegetarianas (estudo com 800 mulheres entre 40 e 69 anos).
- Os não vegetarianos têm um risco 54% maior de ter câncer de próstata.
- Os não vegetarianos têm um risco 88 % maior de ter câncer de intestino grosso (cólon e reto). Obs - a carne vermelha ou branca está vinculada (de forma independente) com o risco aumentado de câncer de intestino grosso.
- Redução da incidência de obesidade, um problema mundialmente preocupante.
- Osteoporose: mulheres após a menopausa com dieta rica em proteína animal e pobre em proteína vegetal têm taxa mais alta de perda óssea e risco muito maior de ter fratura de quadril. Obs- Ainda não podemos afirmar que a dieta vegetariana protege da osteoporose.
- Pelo menor teor de proteínas e por melhorar os lipídios sangüíneos, a dieta vegetariana pode ser benéfica para os que sofrem de doença renal (principalmente os que não fazem diálise e apresentam diurese).
- Aparentemente, o consumo de carne aumenta em até 3 vezes as chances de desenvolver demência cerebral.
- Aparentemente, uma dieta vegetariana sem derivados animais e com predominância de alimentos crus reduz os sintomas de fibromialgia.

1. American Dietetic Association (ADA)


Pelos animais
"A alimentação sem carne é uma forma de praticar a não-violência"

Todos sabem o quanto a criação de animais para abate é extramamente cruel - do início da vida de um pobre bezerro (que cresce completamente afastado da mãe) até o momento final no matadouro, é só crueldade, tortura e privação.

Porcos, frangos, bois e outros animais são criados em locais fechados, recebem hormônios e remédios que também fazem mal à nossa saúde, entre outros males que bem "embutidos" na carne que você consome.

Por isso, realmente não dá pra ser adepto ou falar de uma "cultura de paz" se, comendo seu bife, você contribui para tortura e morte de milhares de animais.

Pelo planeta
Pecuária é responsável por 80% do desmatamento no bioma amazônico

Vejam esses dados do site da Sociedade Vegetariana Brasileira:
- A indústria de carne é responsável por 18% das emissões globais de gases causadores do efeito estufa, ao passo que todos os transportes somados geram 13%.(1).
- A pecurária gera diretamente 80% do desmatamento no bioma amazônico (2) e 14% em todo o mundo.
- Somos quase 7 bilhões de pessoas na Terra e criamos, para produzir carne, mais de 30 bilhões de animais (3) que consomem água, comida e recursos energéticos, demandam espaço, despejam detritos, contaminam os mananciais, causam erosão e geram poluição atmosférica.
- A criação de animais para abate é uma forma ineficiente de produzir alimentos: para cada quilo de proteína animal são necessários de 3 a 10 kg de proteína vegetal (milho, soja etc.) (4).

1- FAO (2009)
2- Ministério da Agricultura
3 - Incluindo aves, peixes, camarões e moluscos
4 - FAO (2005)

Outras questões sociais
"Estudos recentes mostram que, no Brasil, 62% dos trabalhadores em situação análoga à escravidão se encontram em fazendas de pecuária.(1) O setor apresenta cifras semelhantes em relação à grilagem de terras (57%) e à violência no campo (72%). (2)

Mais da metade da produção mundial de alimentos é destinada à ração para animais de abate. (3). E a carne desses animais é acessível a uma pequena parcela da população humana. Se o consumo de carne fosse abolido, e as safras de grãos e hortaliças antes destinadas aos animais fossem repassadas para as pessoas, o problema da fome mundial estaria solucionado, a preços mais baixos e com menos impacto ambiental, social e para a saúde humana", informa a SVB.

(1) ONG Repórter Brasil
(2) Comissão Pastoral da Terra
(3) FAO (2006)

Que tal mudar o cardápio, descobrir novos sabores, em casa ou em algum restaurante vegetariano? Veja nossas dicas:

Saiba mais:
Sociedade Vegeriana Brasileira (SVB)
Guia de restaurantes vegetarianos em São Paulo

Sites com receitas vegetarianas
Centro Vegetariano
Guia Vegano
Portal Natural
Receitas Vegetarianas da Igreja Adventista do Sétimo Dia
Saúde Integral
Sociedade Vegetariana Brasileira
Vida Vegetariana

Outras informações da Sociedade Vegetariana Brasileira:
O vegetarismo e sua saúde
Ferro e vegetarianismo
Cálcio e vegetarianismo
Uso de suplementos nutricionais na dieta vegetariana

Leia também:
COMO PREPARAR PROTEÍNA DE SOJA

Textos: Flaviana Serafim e Gladstone Barreto, com informações da SVB. Infográficos: Sociedade Vegetariana Brasileira